Entenda a diferença entre centro de custos e centro de resultados

Quando a questão é análise de custos e resultados, a maioria das empresas ainda insiste em manter as mesmas práticas, preservando o levantamento de valores por meio dos chamados centros de custos.

Hoje, porém, é preciso aperfeiçoar a análise gerencial de custos, proporcionando uma vantagem competitiva sustentável às empresas.

Para tanto, é necessário que os gestores conheçam o quanto ganham ou deixam de lucrar com determinado cliente ou segmento de venda.

É exatamente para satisfazer essas necessidades que surgiram os centros de resultados, correspondendo aos segmentos da empresa responsáveis não apenas pela geração de custos, mas também pela oferta de receitas e por resultados.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar a diferença entre centro de custos e centro de resultados.

 

Gestão por centro de custo

Para criá-lo, é necessário organizar unidades ou atividades de determinado setor da empresa e categorizar as despesas e desembolsos de cada uma delas de forma eficiente.

Isso otimiza a análise dos componentes do negócio: ao dividir a empresa em segmentos, se pode notar, de modo preciso, o quanto é investido e desembolsado em cada departamento.

Em síntese, o conjunto dos centros de custo promove a organização e exibe um panorama da empresa como um todo.

E, para que se assegure o sucesso desse modelo, é essencial que cada centro conte com um gestor responsável.

Afinal, a partir dos centros de custos, fica mais fácil envolver as lideranças de cada setor, reforçando a responsabilidade e autonomia de cada um para gerenciar seu orçamento, tendo a consciência de que exercem influência global na empresa.

Gestão por centro de resultados

De maneira geral, a ideia de centro de resultados é similar ao centro de custos. Na verdade, a diferença de centro de custos e centro de resultados está no fato desse último ser uma evolução do primeiro.

Levando em consideração que as organizações estão cada vez mais empenhadas na busca por melhores resultados, o centro de custos conquistou uma nova abordagem, a oferta de valor, sendo proporcionada pelo centro de resultados.

A principal diferença entre centro de custos e centro de resultados diz respeito, principalmente, ao nível de autonomia e amplitude das decisões tomadas pelos gestores de cada unidade da empresa.

Na estrutura por centro de custos, o gerente tem responsabilidade sobre os desembolsos, já no modelo por centro de resultados, o gestor deve ainda se preocupar com o lucro gerado, com as receitas de cada departamento e com o resultado do todo.

Vantagens dos centros custos e de resultados

Uma vez organizadas as discriminações das despesas por centro de custo, se pode identificar objetivamente qual departamento compromete mais recursos e qual consegue atuar dentro do previsto, viabilizando analisar seus gastos em contraste com os resultados atingidos.

Com isso, o gestor consegue avaliar se as metas e indicadores foram definidos de forma certa, e também constatar se os colaboradores estão fazendo, dentro de suas possibilidades, tudo o que é preciso para atingir os objetivos traçados.

Outro ponto que merece destaque é a mensuração do valor das empresas investidas e das que vão captar investimento.

A gestão por centro de custo ou centro de resultado viabiliza que sejam feitas projeções de valor do negócio, como crescimento de receita e valor das predições.

FONTE: JORNAL CONTABIL

Recent Posts